Mini FIV

Mini FIV

Há algum tempo vem se falando e ganhando espaço o conceito de Mini FIV. A ideia é usar menos medicação para induzir a ovulação, e, com isso, deixar o tratamento mais simples, barato e com menos risco.

Como isso ocorre?

Normalmente, usamos medicação para induzir a ovulação em mulheres submetidas à FIV com objetivo de aumentar o número de óvulos. Vale lembrar que usualmente a mulher produz um óvulo por mês, e quanto mais óvulos tiver, maior o número de embriões e a chance de escolher um bom embrião (e consequentemente de sucesso). Além disso, aqueles embriões que não forem usados poderão ser congelados para futuros tratamentos.

Porém, quando se faz uso dessas drogas, que são hormônios, os quais utiliza-se de forma injetável, estamos aumentando os custos (uma indução sai em média de R$ 5 mil a R$ 7 mil por tentativa), o estresse pela aplicação e cuidado das medicações (muitas requerem refrigeração) e o risco de desenvolver uma síndrome chamada de hiperestímulo (uma hiper-resposta ao tratamento, com risco de trombose à paciente, por exemplo).

E a Mini FIV?

Usaríamos uma quantidade menor de medicação, teríamos menos óvulos e um risco quase nulo de hiperestímulo, com simplificação do tratamento e menor custo (R$ 2 mil).

Todas as pacientes deveriam fazer isso?

Calma, numa mulher que tem boa reserva ovariana pela IDADE e dosagens hormonais, estaríamos diminuindo o número de óvulos e consequentemente estamos diminuindo suas chances de gestar após a FIV.

Então, quem poderia ser beneficiada pela Mini FIV?

Mulheres que não teriam muitos óvulos (idade avançada ou dosagens hormonais indicando má resposta ovariana) após a indução. Uma mulher, por exemplo, que tenha três folículos antes da indução não adianta gastar R$ 7 mil, pois ela terá no máximo três óvulos. Neste caso, poderíamos fazer uma indução com menos hormônios e atingir esse número de três óvulos, com uma melhor relação custo/benefício.

Medicina é individualizar. Tudo deve ser pensado e planejado para aquela paciente. Tanto ela quanto a situação são únicas, e a Mini FIV será uma ótima alternativa para algumas mulheres.

Mais conteúdo...